Dicas para aula EAD gravada

Entre os diversos motivos existentes para que as pessoas optem pelo ensino online, a praticidade é o principal. Com certeza o seu dia a dia será muito mais produtivo se você utilizar videoaulas gravadas, desde que elaboradas por um profissional formado em um curso de pedagogia, para ter um material de qualidade e sempre à disposição. Você tem a opção de pausar, voltar ou avançar sempre que desejar para aproveitar o conteúdo da melhor maneira possível.

curso de pedagogia

Mas afinal, como você que é formado em pedagogia EAD pode gravar uma aula atrativa para seus alunos? O primeiro passo é saber o que é videoaula para não errar antes de mesmo de iniciar suas gravações. A aula gravada em vídeo é uma explanação de um conteúdo didático ou meio de treinamento, em que um professor transmite seu conhecimento e pode contar com o auxílio de recursos interativos para apresentação de conteúdo, como por exemplo, animações, gráficos, enquetes, áudios, outros tipos de vídeos, e muito mais!

Agora que você já conhece o conceito de videoaula, vamos as dicas:

  • Entender o tema: é muito importante que você conheça muito bem o tema e os assuntos que serão abordados durante a aula gravada em vídeo. Se você enviar um material com erro, terá que excluir o arquivo e reiniciar o processo, evitando que a cabeça dos seus alunos fique confusa. Por isso é muito importante ser especialista na área. Antes de iniciar, você pode dar uma pesquisada até mesmo em notícias relacionadas para ilustrar seu conteúdo.
  • Planejar o conteúdo: antes de iniciar a gravação da videoaula, faça um esquema por escrito com os tópicos que deseja transmitir. Depois, faça a divisão dos assuntos em início, meio e fim para poder deixar o conteúdo bem organizado para seus alunos. Mas não crie um roteiro para não ficar “engessado” na tela, seja natural que o conteúdo fluirá muito melhor.
  • Ter didática: isso significa que você deverá saber como transmitir os conteúdos, ou seja, ter capacidade de ensinar com coerência tudo o que você sabe. Você pode treinar em frente ao espelho, ou até mesmo com sua família ou amigos, para ter certeza de que o material gravado ficará bom. É importante que você seja objetivo e adeque a linguagem de acordo com o público que deseja atingir.
  • Selecionar um equipamento adequado: não adianta ser um ótimo professor, com excelente didática e oferecer uma videoaula com baixa qualidade audiovisual. Lembre-se que para uma mensagem ser interpretada de forma correta é preciso que ela seja recebida da maneira certa. Você pode utilizar seu smartphone ou câmera do notebook, desde que antes faça um teste do vídeo e do áudio que estão sendo armazenados. É importante fixar bem o aparelho, observar se a iluminação está de acordo e se o ambiente está silencioso.
  • Observar a concorrência: faça uma análise do que está dando certo ou não entre os outros professores. Escreva uma lista com tópicos que você pode melhorar, ou até mesmo novidades que você pode inserir no seu material.

Agora que você já sabe como iniciar as gravações, por fim, depois de pronto é importante que você faça uma boa edição e acrescente uma trilha sonora atrativa. Não esqueça também de incluir seus contatos ao final do material, para que os alunos possam tirar dúvidas, ou até mesmo sugerir novos temas.