Como fazer um site novo aparecer nos primeiros resultados do Google?

Colocar o site na primeira página do Google significa expandir a relevância e a autoridade da sua marca no digital para alcançar um público segmentado e usufruir de relações lucrativas e duradouras. No entanto, para que isso aconteça é preciso usar ferramentas específicas, como o SEO – Search Engine Optimization (otimização para os motores de busca).

Primeiro, é importante saber que o SEO é um conjunto de técnicas que tem o objetivo de alcançar o melhor resultado no ranking orgânico no Google para uma determinada pesquisa. Esse conjunto de técnicas é muito usado para distribuir informações e facilitar os processos de Marketing Digital como compra de produtos e contratação de serviços. Afinal, de que adianta gerar conteúdo e não vender?

A imagem mostra de forma simplificada como funciona o SEO.

Como o SEO funciona?

Existem algumas etapas que ajudam o site a ser otimizado pelo SEO. Para isso, são utilizadas estratégias direcionadas para cada empresa. Essas estratégias devem ser desenvolvidas em parceria com a empresa, para que o trabalho seja mais eficaz. Entenda melhor:

Reconhecimento do problema

É preciso entender os objetivos da empresa, seus produtos/ serviços, definir os indicadores, palavras-chave e analisar a estratégia dos concorrentes. Para isso é essencial estudar o mercado, seus concorrentes e comportamento do consumidor.

Implementação da estratégia e melhorias no site

O site da empresa é o início de um serviço de consultoria SEO. É preciso relacionar as páginas e as palavras-chave que serão trabalhadas, organizar a estrutura, indicar criação de novas páginas (se necessário) e melhorar a estrutura do código HTML.

Conteúdo

Para ter um site otimizado é preciso criar conteúdo, pois este é um dos principais pilares do SEO. Vale saber que um conteúdo bem estruturado e rico em informações tem mais chances de ser escolhido, pelo usuário, entre a empresa X ou Y.

É importante ressaltar que conteúdo não é apenas texto. Ele é formado por imagens, vídeo, áudio, infográfico, entrevista, gráficos e enquetes. Saiba que o algoritmo do Google exibe com prioridade artigos originais e conteúdos bem elaborados. Por isso, vale pensar em temas relacionados com seu segmento e que faça seu público crescer.

Criação de autoridade e resultados através de link building

Essa é uma das estratégias mais famosas e eficientes do marketing digital. Ela faz com que outros domínios incluam conteúdos links direcionando o leitor para suas páginas.

Vale saber que é aqui que seu site será visto como autoridade em determinado assunto, pois outras plataformas usarão seu link de conteúdo como referência. E, ao contrário do que muitas pessoas pensam, esse trabalho é feito através de relacionamento que conquistam os links de sites relevantes, por isso, pode ser feito organicamente ou através de parcerias.

Por este motivo é importante contar com um conteúdo bom, pois ele vai fazer com que outros sites usem suas informações como referência. A partir desse ponto é preciso acompanhar os resultados e ajustar as estratégias inicias, caso precise.

Saiba que quando os domínios com boa autoridade incluem links para seus materiais, você é bem visto pelo algoritmo do Google. Ponto para você!

Palavras-chave relevantes

As palavras-chave conectam seu conteúdo ao público. Elas são analisadas pelo algoritmo do Google, que por sua vez entenderá qual é o assunto de um conteúdo específico e indicará aos usuários que buscam pelo termo.

É importante definir sua persona, caso você ainda não tenha. A persona é um modelo de cliente ideal para sua empresa, que reúne dados demográficos com características abstratas, como hobbies, dores, desejos e necessidades.

É através da persona que as palavras-chave são definidas e inseridas nos assuntos, para que o Google faça a distribuição correta através das buscas dos usuários.

Otimize imagens para SEO

Utilizando ferramentas como o Google Lens e o Pinterest Lens, os usuários podem encontrar imagens, produtos ou ainda realizar compras, mas é preciso otimizar suas imagens para SEO.

Como as imagens tornam os conteúdos mais agradáveis aos leitores, elas facilitam a retenção de informações e a compreensão da audiência. Mas, como isso está relacionado com a imagem?

Para entender sobre o que se trata a imagem, o algoritmo do Google busca pelo alt text, uma breve descrição da imagem. Lembre-se que para rankear no Google e otimizar o posicionamento da página, esse elemento precisa estar otimizado.

Em quanto será possível ver o resultado do SEO?

Normalmente, os resultados do SEO podem ser vistos entre 90 e 120 dias. Lembre-se que o objetivo é melhorar o ranqueamento orgânico para melhorar as posições do Google.

No entanto, apesar de existir uma disputa grande para ter um espaço na primeira página do Google, é preciso investir em SEO através de uma agência especializada.

A agência atua com profissionais especialistas em SEO que farão seu site aparecer na primeira página do Google com os melhores conteúdos para oferecer mais resultados. Fale com quem é especialista neste assunto para ajudar sua marca se tornar referência no seu segmento. Veja o site da MMD!

É fácil instalar trilho para cortina?

A cortina para trilhos é uma das favoritas, quando falamos de elegância e estilo, já que a maioria dos trilhos para cortina ficam embutidos. Esses modelos são ideais para vários ambientes como quartos, salas, escritórios, hospitais e hotéis. É uma das opções mais modernas e funciona por meio de roldanas que deslizam pelos trilhos, o que torna o modelo eficiente e silencioso.

Outra vantagem dos trilhos para cortina, é que eles posicionam melhor as cortinas, conferindo melhor caimento ao tecido. Fato é, que sem os trilhos as cortinas não teriam o mesmo acabamento, não ficariam tão bem alinhadas e esticadas!  Na compra, é preciso se atentar ao tamanho da cortina e do trilho, eles precisam estar nas medidas corretas!

É possível encontrar o trilho em diversas espessuras, formatos, larguras e durabilidades diferentes. O trilho perfeito irá depender da sua cortina, assim, o ideal é comprar a cortina antes do trilho, os dois juntos.

A imagem mostra um exemplo de cortina para trilho.

Modelos de trilhos e dicas para compra

Você pode encontrar o trilho para uma cortina, para cortinas duplas ou triplas! Vamos falar sobre cada um:

  • Trilho único: indicado para cortinas que possuem apenas um tecido, é o modelo mais simples do mercado.
  • Modelo de trilho duplo: é muito usado quando a cortina possui forro. O modelo possui dois trilhos instalados juntos para que cada cortina corra de maneira livre, sem que uma atrapalhe a movimentação da outra.
  • O modelo de trilho triplo: se utiliza quando é um jogo de cortina que possui três camadas, o forro, a cortina e o bandô. Esse é mais resistente, já que além da cortina em si, ele também precisa sustentar os acessórios e prendedores.

Para não errar na compra, tire a medida da janela que você irá instalar a cortina. Compre uma cortina e um trilho que ultrapasse ao menos 20 centímetros de cada lado. Aliás, o trilho deve ser instalado com uma média de 5 a 7,5 centímetros acima da janela. Entretanto, se sua ideia é colocar a cortina na parede inteira, a medida precisa ser precisa.

Existem alguns tipos de trilhos para cortina, o mais comum é o trilho suíço. Ele é parecido com o varão de cortina, mas seu funcionamento se dá por meio de trilhos deslizantes e roldanas, é mais silencioso e eficiente. A abertura e o fechamento da cortina é horizontalmente. Alguns modelos podem ter um sistema de cordas para automatizar a abertura e o fechamento, sendo mais indicado para cortinas grandes, estilo painel.

Como instalar o trilho para cortina?

A instalação da cortina para trilho único é bem simples e não exige muitas ferramentas. Porém, se você vai usar trilhos embutidos para cortina, é preciso ter um certo cuidado com o acabamento de gesso.

Por isso, vamos dar a dica para instalar o trilho exposto e não o embutido. Pegue sua cortina para quarto de trilhos e separe. Tire as medidas da janela, lembrando que você deve acrescentar no mínimo 15 centímetros de cada lado. Com as medidas em mãos, corte o trilho se ele for maior.

Com o auxílio de uma fita métrica e um lápis, faça várias marcações com espaçamento de 50 centímetros ao longo do trilho, elas serviram para fixação. Fure cada marcação com uma furadeira e posicione o trilho no teto e com um lápis marque cada furo no teto.

Ainda com a furadeira 6mm faça os furos nos locais marcados, depois coloque as buchas, posicione os trilhos e prenda com os parafusos. Por fim, instale os clipes na cortina e no trilho, depois coloque nos terminais. 

Porque ter uma cortina para trilhos? Elas são mais elegantes, possuem melhor acabamento e tem a opção de embutir. Outras vantagens de cortina de trilhos são:

  • Possibilidade de usar várias camadas de tecidos;
  • Permite a fixação na parede ou no teto;
  • É mais silencioso e desliza melhor;
  • Deixo o ambiente com um visual mais clean.

Cortina de varão vale a pena?

A cortina de trilho é usada há muitos anos, mas com o passar do tempo surgiu a cortina de varão. Ela também é uma ótima opção, principalmente, se você precisa de praticidade para retirar e colocar a cortina. Já que para isso é só tirar o varão do suporte para varão de cortina, tirar a cortina do varão, lavar, colocar no varão e pendurar no suporte novamente.

Se você quer usar dois tecidos na sua cortina, é possível comprar um varão de cortina duplo. Porém, não existem modelos de varão para mais tecidos e acessórios, como na cortina de trilho.

Já em relação ao tamanho de varão para cortina, existe uma boa oferta no mercado e atende a maioria dos padrões de janelas residenciais. Apenas para janelas personalizadas, que você terá um pouco mais de dificuldade de encontrar um varão.

Em relação aos ambientes, é possível encontrar cortina de varão para quarto, sala e cozinha, em tecidos leves como o voal e mais pesados como a cortina blackout! Então, é só você qual modelo se adapta melhor ao seu ambiente e ao seu dia a dia! Cortina de varão de qualidade é nas Lojas Donna.

Por que utilizar um self storage durante a mudança?

Mudanças são sempre um momento de muito estresse, mas se for bem organizada e com o auxílio de um self storage, pode ser uma experiência bem tranquila! Então, antes de falar como você pode organizar sua mudança e usar o self storage, vamos explicar melhor o que é esse serviço.

Imagem de uma sala com varias caixas de mudança

O que é self storage?

O self storage surgiu nos Estado Unidos e quer dizer auto armazenamento. Portanto, é um espaço onde pessoas físicas e jurídicas podem usar para armazenar seus objetos, que podem ser:

  • Estoques de lojas;
  • Armazenamento temporário, em casos de mudanças;
  • Móveis;
  • Objetos diversos;
  • Documentos.

Por lá, já existem mais de 50 mil empresas no ramo! Porém, por aqui o serviço ainda está se expandindo e ganhando a confiança do brasileiro!

Como funciona o serviço de box de armazenamento?

O serviço de self storage é muito simples! Você vai até o local e escolhe um box de self storage, que pode ter as mais diversas medidas. Alguns são para utilizar como guarda volumes e outros como guarda documentos, já que se trata de espaços com cerca de 1 m2

Entretanto, existem espaços maiores no box de armazenamento, que permite que empresas o usem para guardar estoques dos mais variados tamanhos. Portanto, após, a escolha do espaço ideal para suas necessidades, um contrato simples de locação é realizado. 

O pagamento é mensal e só o cliente que possui a chave, tem acesso ao espaço interno do box. Mas, se suas necessidades de armazenamento mudarem no mês seguinte, não tem problema! É só alugar um espaço maior e mudar seus objetos de lugar!

O sistema de armazenagem no self storage é muito simples e sem burocracia! Aliás, o cliente pode ter acesso ilimitado ao seu espaço! Outra questão, bem comum, é em relação a segurança. No self storage Guarde Mais temos segurança 24 horas por dia, contamos com portaria e um sistema de câmeras. 

Existe alguma diferença entre o self storage e o guarda móveis?

Sim, o guarda móveis é caracterizado por grandes espaços, como galpões, que são locados para armazenar seus móveis. No entanto, nesses espaços existem algumas desvantagens como, falta de privacidade, redução no horário de atendimento e menor segurança. Além do que, qualquer cliente ou funcionário tem acesso aos seus móveis. 

Como falamos anteriormente, ao armazenar seus móveis em um self storage, você terá total privacidade e segurança! Somente você terá acesso aos seus objetos e poderá acessar sempre que precisar. Então, guardar móveis self storage pode ser uma solução mais adequada, principalmente, se forem móveis de alto padrão. 

Como fazer sua mudança usando o self storage?

Agora que você já conhece mais sobre o serviço, vamos falar como ele pode te ajudar no momento da mudança. Sabemos que empacotar, desempacotar e organizar uma mudança não é fácil! O pior é que na maioria das vezes não podemos parar semanas para isso!

Precisamos sair de um imóvel, se acomodar em outro durante nossa rotina corrida! E isso, gera um estresse absurdo, já que as caixas ficam espalhadas pela casa por semanas! Mas, tem um jeito bem simples de resolver todo esse caos!

Contratando um serviço de guarda móveis para mudança! Usando um self storage, você pode levar para sua nova casa somente o que é essencial para sua rotina. E depois, com calma ir ajeitando objetos menos relevantes.

Isso libera espaço e torna o novo ambiente mais confortável e tranquilo, o que evita todo o estresse comum da mudança! Aliás, essa lógica pode ser usada para pessoas físicas e jurídicas.

Entretanto, é preciso ficar atento ao que pode ser armazenado nesses espaços. Você pode armazenar objetos eletrônicos, móveis, documentos, roupas, entre outras coisas. O que não pode ser armazenado em um self storage valores, jóias, produtos inflamáveis, perecíveis, explosivos, ilegais, armas de fogo, plantas e animais. Esses produtos podem colocar em risco toda a estrutura, além da vida das pessoas que ali circulam.

Dicas para organizar sua mudança

Quando estiver empacotando seus objetos faça uma separação entre os objetos usados diariamente e os com menor frequência de uso. Depois separe por cômodo e depois por categoria. Sendo assim, essa sequência deve ser anotada na parte externa da caixa, de preferência na lateral.

Um exemplo, sala – livros, assim, fica mais fácil no momento de organizar o que vai para o self storage e para casa nova. E não é só isso, fica mais fácil de encontrar no armazenamento para organizar. 

Todavia, se tiver prateleiras, use no box para armazenar seus objetos, aproveitar o espaço vertical, é sempre uma boa forma de organizar caixas. Lembrando que os objetos pesados devem ficar na parte inferior da estante e os mais leves na parte superior.

Anote também na caixa quando se trata de um objeto delicado. Outra forma de organizar, é colocando os objetos que você poderá precisar com maior frequência na frente, de objetos que não serão necessários.

Com essas dicas simples, fica muito mais fácil fazer uma mudança sem todo aquele estresse típico! Venha conhecer os espaços da Guarde Mais, tem sempre uma unidade perto de você!

Gradil em Joinville: descubra onde utilizar

Telas e grades de proteção são essenciais em qualquer espaço que possua várias áreas distintas. Hoje, é muito difícil não encontrar essas proteções em locais públicos e até mesmo dentro de residências, devido a versatilidade e os muitos benefícios que esses itens proporcionam.

O gradil é uma dessas telas que já está no mercado há muitos anos, oferecendo muita praticidade para quem adquire, mas ainda assim, existem pessoas que não o conhecem de fato. Por isso hoje, você vai entender tudo sobre essa proteção e entender seus diversos modos de uso.

Imagem cerca,ento com Gradil

O que é gradil?

A tela gradil é uma grade de coloração verde, muito característica, ela é produzida com aço galvanizado. A galvanização é um processo em que os arames de aço recebem uma camada de zinco, essa camada é responsável por proteger o gradil metálico da corrosão com o passar do tempo, causado pelos efeitos da chuva e do sol.

Essa característica torna o gradil uma proteção extremamente resistente e benéfica para a economia do cliente que adquirir. Além disso, o gradil recebe outro procedimento, conhecido como eletrofusão. Esse processo consiste na fusão dos arames através de equipamentos que fornecem tensão elétrica por tempo controlado e suficiente para fundir os arames uns nos outros.

Você que reside em Joinville, cidade do estado do Paraná e está à procura de uma empresa que comercializa essa proteção de sucesso, você pode adquirir Gradil em Joinville com a Dimatelas, um empreendimento que oferece soluções em cercamentos com muita qualidade aos clientes, e disposta em satisfazer as suas necessidades com assertividade. 

Modos de utilização das telas gradil

Agora que você já sabe o que é e quais são as principais características dessa proteção, os modos de usar o gradil também são relevantes para que você entenda quais são os diversos locais em que ele pode ser instalado. Continue a leitura e conheça.

Portão gradil: A primeira proteção do seu lar 

Diversas pessoas já utilizam o gradil como portão, a primeira proteção de casas, sendo utilizado como gradil residencial. Esse modo de utilização garante ótima visão da casa e do espaço de fora, tanto de quem está dentro do gradil quanto fora dele. 

Além da visibilidade, a segurança é outro quesito que essa tela oferece às casas e outros locais onde for instalada. O gradil é uma cerca difícil de ser escalada, devido aos espaços entre os arames serem pequenos e por essa grade ser muito lisa, protegendo o local de invasões tanto como portão, quanto o gradil para muro, que também é muito utilizado para cercar a casa.

Cerca gradil: Cercamento seguro e eficaz  

Além de portão, o gradil de proteção é muito utilizado como cerca também, tendo uma infinidade de opções de locais que podem ser cercados a fim de proteger contra animais, pessoas, e de pisar no local, continue a leitura e confira.

Quadras: Ambientes esportivos e de diversão

As quadras são ambientes que é indispensável o uso de cercas com o propósito de delimitar os locais da prática esportiva dos outros espaços. Uma quadra de futebol, tênis e handebol, por exemplo, pode ser cercada com o gradil, evitando que a bola ultrapasse o local do jogo e atinja pessoas, causando acidentes e danos no local.

Jardins: plantações de flores e verduras

Espaços de plantações requerem muito cuidado e pedem itens que auxiliam a proteger as flores e hortaliças. O gradil faz toda a diferença nesses espaços, pois mantém cachorros e outros animais longe da plantação, para que ela não seja destruída, e até mesmo por pessoas, evitando que elas caminhem e pisem nas plantas, estragando um trabalho que pode ter levado meses.

Piscinas: ambientes com grande volume de água

As piscinas também merecem devido cuidado de proteção. Com o gradil, a área de diversão na água fica protegida dos outros espaços localizados ao redor. Com a tela protegendo uma piscina, por exemplo, é capaz de evitar acidentes e que crianças acessem o local sem os responsáveis.

Praças: ambientes públicos e privados

Os espaços públicos também já usufruem dessa tela de proteção muito benéfica. Diversas praças já abrigam há um bom tempo, o gradil como forma de proteger as flores, bancos e outros acessórios que constituem as praças e não apenas de locais públicos, mas também de residências e instituições.

Há outros tipos de gradil, como o gradil de alumínio, porém este não possui revestimento contra corrosão, se este quesito é importante para você, opte pelo gradil galvanizado. As vantagens desse cercamento que você conheceu hoje, garantem ótimo custo benefício, pois é uma tela durável e muito sólida, além de proporcionar segurança e delimitar os espaços que você quer ver separados.

Garantir este cercamento em um empreendimento que entende desse ramo é muito importante, para que você tenha uma experiência de compra muito mais correta, satisfatória e termine certo do que está comprando, conhecendo os usos e possibilidades. Gradil em Joinville é na Dimatelas, uma empresa que você pode encontrar todas essas características e acima de tudo, qualidade elevada nos produtos comercializados.